O seu portal de estudos

Nuvem Privada – vamos aprender?

Posted by Rafael Bernardes em 23 de maio de 2011

Amigos,

Muito se fala agora sobre nuvem e nuvem privada. Mas o que seria nuvem privada e o que você pode ganhar com isso?

Entende-se por nuvem privada (definição do CooperaTI) por um conjunto de recursos (servidores, storage e rede) configurados a prover serviços (servidores virtuais) de forma totalmente automatizada e gerenciada por processos.

A nuvem privada é sempre montada em cima de algum tipo de cluster. Mas tem que ser Fail Over e Load Balancing. A nuvem tem que ter um “cerebro” organizador, que no caso da Microsoft é o System Center.

Por exemplo, em um NP (olha só, já estamos íntimos rsrsr):

  • Você não define em qual servidor a máquina virtual (VM) irá ficar, a NP define
  • Você não escolhe a quantidade de memória RAM, a NP aloca dinamicamente para a VM
  • Você não se preocupa em atualizar as máquinas virtuais, a NP faz isso
  • Você não instala,  coloca em domínio e configura o SQL, a NP faz isso
  • Caso um recurso fique ocupado demais ou offline, a NP se encarrega de realizar a manutenção
A Nuvem Privada é o Chuck Norris das redes. Ela decide tudo por você!!!!
Bom, mas antes você tem que configurar e parametrizar a NP de forma correta. (Então ela não é beeeem Chuck Norris, pois ele é quem reconfigura você)
Um exemplo de processo em uma NP:
  • Setor de desenvolvimento requer um servidor com SQL,IIS e PHP para testes por 5 meses
  • O responsável pelo setor de desenvolvimento faz a requisição através do portal da NP
  • A partir daqui podem ter ter dois caminhos:
  • Automático: A NP analisa se o setor que fez a requisição tem pontos suficientes para alocar esse recurso (é, você pode definir que o setor X tem 50 pontos e que um servidor com SQL custa Y pontos.)
  • Supervisionado: O responsável pelo TI recebe a requisição por email, analisa e aprova ou não o pedido.
  • A NP define (com base em pontuação) aonde o serviço requerido (servidor virtual) será alocado.
  • Após a implantação, o setor de desenvolvimento recebe uma notificação com os dados para acessar o serviço.
Falando em cenário Microsoft, você vai precisar de:
  • Storage ISCSI ou Fibra (um ou vários)
  • Servidores com Hyper-V, configurados em Cluster
  • System Center (completo, de preferência)  com o Self Service Portal do VMM instalado
Seguem alguns links interessantes para ajudar na sua caminhada: (retirados do technet)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: